Escrita.html
Escrita.html

O melhor é o único bom”    Tradução livre


António Lobo Antunes




    O trabalho do arquiteto é perceber a vocação do lugar e intervir para completa-lo e dar-lhe significado.

    O lugar  - objectos, edificios, paisagem -  é o cenário que dá suporte às atividades humanas, onde nos orientamos, identificamos e nos relacionamos. Este deve atender e estimular necessidades sensoriais, intelectuais e sociais.

Símbolos e significados, materias e sistemas construtivos, a qualidade da luz e a geometria da função, são a linguagem com a qual a obra, em silêncio,  comunica.

    Cada intervenção é uma síntese única, fruto do contexto de cada projeto, do cliente e do seu programa de necessidades, o seu território cultural e geográfico, tecnologia disponível, orçamento e tempo de intervenção, filtrados pela percepção, memória e história, tendo como pedra de toque a teoría e o desenho.

    O projecto é um processo de interacção entre todos os agentes envolvidos  - promotores, técnicos, administrações - procurando plena articulação de conhecimentos da que resultem soluções coerentes com o conceito e adequada á moldura económica, legislativa e técnica.







Paulo Paiva Fonseca

SOBRE A PRÁTICA DA ARQUITECTURA

2008

DEZ

UrbanismoUrbanismo.html
DesignDesign.html
ContactoContacto.html
Urbanismo.html
Design.html
Arquitectura_1.html
Desenho_1.html
Contacto.html
ArquiteCturaArquitectura_1.html
EN../en/About_Architectural_Practice.html
PT
DESENHODesenho_1.html
Sobre.html
SOBRESobre.html
Escrita.html
ESCRITAEscrita.html